Atendemos em Florianópolis - Região Metropolitana - Cidades vizinhas.
WhatsApp:(48)  996869717
Buscar
  • Rodrigo Heberle

12 Receitas de Drinks Clássicos... E um pouco de cultura!


DRINKS X CULTURA

Os escritores americanos Ernest Hemingway e Scott Fitzgerald e o filósofo francês Jean-Paul Sartre tinham em comum, além do imenso talento literário, uma mesma paixão: adoravam passar horas em mesas de bar apreciando alquimias alcoólicas.

Hemingway chegou a cunhar um quase poema a respeito de seus coquetéis prediletos: “My Mojito in La Bodeguita/ My Daiquiri in El Floridita”, saudando também os dois bares mais famosos de Cuba.

Fitzgerald e Sartre foram clientes assíduos, em Paris, do Harry’s Bar, fundado em 1923 pelo escocês Harry MacElhone. E foi nesse bar que surgiu o Blood Mary. O autor do coquetel foi o americano Peter Petiot, que na época comandava o balcão do bar, até hoje funcionando no número 5 da Rue Daunou. Com a beberagem, Patiot atendeu a pedidos de compatriotas que visitavam a França e pretendiam levar para os Estados Unidos, então submetidos à Lei Seca, uma bebida cuja aparência e odor mascarassem o teor alcoólico e fosse, ao mesmo tempo, fácil de preparar. Batizada inicialmente com o pouco sutil nome de Bucket of Blood (Balde de Sangue), apenas em 1934, quando passou a ser preparada também nos Estados Unidos, a mistura recebeu o nome atual, mais precisamente no bar do Hotel St. Regis Sheraton, na 5ª Avenida, em Nova York. O nome, segundo a mais plausível das versões, seria uma referência à rainha Mary I, da Inglaterra, que, devido à implacável perseguição aos protestantes puritanos, no período da restauração do catolicismo apostólico romano no século XVI, tornou-se conhecida pelo apelido de Bloody Mary

Para você entender por que essas poções emocionavam os escritores (e se empolgar como eles) selecionamos nove coquetéis clássicos:

1- BloodMary

Ingredientes

1 dose de vodca

3 doses de suco de tomate

1 lance de suco de limão

sal e pimenta-do-reino

Tabasco e molho inglês

Modo de fazer

Coloque a vodca e os sucos em um copo grande, com quatro pedras de gelo. Mexa bem e tempere a gosto. Sirva em um copo baixo, de boca larga, hamado old-fashioned, com suas pedras de gelo.

2- Bullshot

Ingredientes

1 dose de vodca

3 doses de consomê de carne frio (existem marcas americanas já prontas, porém não se recomenda o uso de tabletes)1 lance de suco de limão

2 gotas de molho inglês

1 gota de Tabasco

sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de fazer

Em um copo misturador, coloque quatro pedras de gelo, acrescente os ingredientes e mexa bem. Sirva com duas pedras de gelo. Utilize um talo de salsão para enfeitar e servir de mexedor, que pode ser comido enquanto se bebe o drinque.

3- Negroni

Ingredientes

1 dose de gim

1 dose de Campari

1 dose de vermute tinto

1 tira de casca de limão

Modo de fazer

Em um copo baixo, conhecido como old-fashioned, coloque quatro pedras de gelo. Adicione as bebidas e mexa bem. Decore com a casca de limão.

4- Tequila Sunrise

Ingredientes

2 doses de te quila

4 doses de suco de laranja

gotas de grenadine

Modo de fazer

Em um copo longo, com pedras de gelo, misture a te quila e o suco de laranja. Acrescente o grenadine, sem mexer. Decore com uma fatia de laranja e com uma cereja.

5- Dry Martini

O copo Escolha uma taça de haste fina e bordas delicadas e deixe-a no congelador por alguns minutos.

O gelo

O coquetel deve ser preparado num copo misturador, o chamado mixing glass. Ponha entre quatro e seis pedras de gelo inteiras. Gele bem o copo e escorra o excesso de água.

O gim

Despeje sobre o gelo uma dose generosa de gim – inglês, é claro - que você pode escolher entre o Gordon’s, o Tanqueray, o Beefeater ou o Bombay, todos na lista dos melhores.

O vermute

Pingue sobre o gim cinco gotas de vermute, de preferência o clássico francês Noilly Pratt.

A mistura

Com uma colher longa – a de bar se chama bailarina -, dê algumas mexidas rápidas e vigorosas. Lembre-se: o drinque é apenas mexido, nunca batido.

Ao servir

Tire a taça do congelador e, usando um coador de bar, despeje o drinque na taça.

O Dry Mar tini é sempre servido sem o gelo.

O limão

Corte uma fina casca de limão, retirando com cuidado a polpa branca. Em seguida, torça a casquinha de modo que o sumo do limão caia sobre a mistura. Passe a casca em toda a borda da taça e jogue-a fora. Espete uma azeitona verde com um palito e coloque no drinque.

6- Caipirinha

Ingredientes

1 limão pequeno de cascafina (taiti ou galego são os melhores)

2 colheres (chá) de açúcar

1 dose de cachaça

Modo de fazer

Retire as pontas e corte o limão em rodelas bem finas. Coloque o limão e o açúcar em um copo pequeno e, com um socador de madeira, pressione apenas o centro da fruta, sem forçar a casca. Isso evita a liberação de muito ácido cítrico, contido no sumo da casca, que pode deixar o drinque amargo. Acrescente a cachaça, misture e complete com muito gelo.

7- Manhattan

Ingredientes

2 doses de rye whis key (na sua falta use uísque americano ou canadense)

1 dose de vermute tinto

2 gotas de Angostura

1 cereja

Modo de fazer

Em um copo misturador, ponha de cinco a seis cubos de gelo e todos os ingredientes, exceto a cereja. Mexa rapidamente com uma colher longa e coe a mistura sobre uma taça de coquetel. Decore com a cereja, que deve ficar no fundo da taça. Não coma a cereja antes de terminar de beber, porque vai adoçar sua boca e alterar seu paladar.

8- Mojito

Ingredientes

1 dose de rumbranco

1 lance de suco de limão

1 colher (chá) de açúcar

clubsoda

4 folhas de hortelã frescas

Modo de fazer

Em um copo longo, coloque as folhas de hortelã, o açúcar e, com um socador, pressione levemente. Acrescente o rumbranco, o suco de limão, muito gelo picado e mexa bem. Complete com clubsoda e decore com um ramo de hortelã.

9- Daiquiri

Ingredientes

2 doses de rumbranco

1 dose de suco de limão

1 colher (chá) de açúcar

1 lance de grenadine

Modo de fazer

Coloque quatro cubos de gelo numa coqueteleira, adicione o rum, o suco de limão e o açúcar e agite bem. Sirva em um copo de coquetel, derramando um lance de grenadine.

10- Sex on the beach

1 dose(s) de vodka gelada(s)

1 dose(s) de suco de laranja

7 gotas de xarope de groselha para decorar

1/2 dose(s) de licor de pêssego

2 pedra(s) de gelo moída(s)

Misturar as três primeiras bebidas em uma coqueteleira. Colocar em um copo e adicionar um pouco de groselha.

11- Curaçau Blue

As dosagens de Vodka e Curaçau Blue podem ser variadas, igualadas ou invertidas, de acordo com o seu gosto. Quanto mais Vodka, mais forte, só não o transforme em “Vodkão Azul” porque não fará sentido!

½ dose de Vodka

½ dose de Limonada

1 dose de Curaçau Blue

Gelo

Completa com Soda

Misture a Vodka, a limonada e o Curaçau Blue com gelo na coqueteleira e sacuda bem. Pegue um copo Long Drink, ou uma taça grande bacana, coloque bastante gelo, e coloque o liquido filtrado da coqueteleira nesse copo! Depois complete o copo com a Soda. Decore com uma casca de laranja em espiral (ou não, você escolhe). Uma cereja também fica supimpa. Não bata a Soda na coqueteleira ou tudo vai explodir na sua cara quando você abri-la!

12- Margerita

50 ml de tequila

Suco de meio limão taiti

30 ml de curaçau fino

Sal

Antes de fazer o drinque, chacoalhe cinco pedras de gelo na coqueteleira para gelá-la.

Dispense o gelo e bata os ingredientes na coqueteleira.

Sirva em uma taça com sal na borda. Para isso, passe o limão na borda da taça e coloque-a de ponta-cabeça em um pratinho de sal.

Fontes:

http://www.garphonic.com.br/2012/03/31/bloody-mary-a-historia/#more-519

Blitz do Bar - Ulisses Pereira

#dicasetruques

40 visualizações